26 setembro 2016

Orange Is The New Red (E01)


A série que acompanha os emprestados do Benfica em terras de Sua Majestade, ao serviço do Lobos de Wolverhampton.



Neste episódio, João Teixeira, aka JT, faz dois belíssimos golos após algumas jornadas a dar chocolate em forma de assistências. Mas, não foi o único a estar em evidência este fim-de-semana. Também o Hélder Costa e Ivan Cavaleiro, aka HC e IC, respectivamente, estiveram em alta.

"Jay T" jogando livre entre linhas, mas quase sempre da esquerda para a direita, quase que dava o primeiro através de grande penalidade. Mas, se aquilo não é grande penalidade em Inglaterra, de certeza que não vai ser no tugão, portanto aguenta Teixeira! Contudo, chegou ao primeiro tento após recuperação do seu amigo HC, que a meio campo, tem uma intervenção defensiva de extrema qualidade e que lhe permite transportar a bola para o ataque. Jogando predominantemente na direita, HC sendo canhoto tende a flectir para dentro e num movimento característico desses, acaba por descobrir JT, fazendo a assistência para o primeiro tento dele na partida.

Mas a tarde ainda ia só no começo. O que dizer depois do segundo tento do camisola 24 do Wolves? Livre totalmente a enganar toda a defesa, guarda-redes e até mesmo os atacantes laranjas. O que interessa é que a bola entrou! Por fim, Ivan ainda entrou (para o lugar do Héder) e a tempo de matar o jogo com um golo de belo efeito de contra-ataque, já no final da partida.

Quem ainda não teve grandes hipóteses de jogar foram o lateral Sílvio e o extremo Ola John. Para quando uma entrada na equipa no Championship?


Será o suficiente para retornarem à Luz? Ou ficarem definitivamente lá? Não percam o próximo episódio, porque nós também não!

17 comentários:

  1. Sinceramente espero que os comprem a todos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu...

      Eliminar
    2. Porquê António Saraiva?

      Eliminar
  2. Sabes que mais PP? Lembras-te de eu escrever aqui no blog que os jogadores portugueses estão em decadência e que são dos piores da europa psicologicamente falando? Pois, permite-me abrir una excepção, para além do Renato Sanches é claro (ainda assim este com menos visão de jogo e mais talento selvagem), para o Raphael Guerreiro. Uma pena termos desperdiçado a opurtunidade de o irmos buscar e ele até é benfiquista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ajudava se te identificasses... quanto ao jogadores portugueses serem os piores da Europa psicologicamente, convido-te a veres qual foi o único país europeu a colocar o maior número de bolas de ouro nas últimas 2 décadas.

      O problema não é o jogador mas sim o contexto. Basta olhares para a forma como há duas épocas era encarado esta situação que o Benfica está a viver, com 2 ou 3 titulares indiscutíveis fora por lesão... era um ai Jesus. Agora vê como é tratado. É tudo uma questão de mentalidade e essa prende-se muito com factores culturais e temporais.

      Sobre o Raphäel Guerreiro, já o tinha pedido na época passada. Mesmo que o investimento tivesse sido elevado, esta temporada teria saído pelo dobro... ou então estaria a substituir o Gaitán. Engraçado, como os alemães são bem mais práticos que os portugueses. Não têm qualquer problema de colocar o Guerreiro como médio-interior/ala esquerdo. Por cá, seria uma afronta...

      Eliminar
    2. Vejo o grimaldo por lá a jogar nessa mesma posição...

      Eliminar
    3. O Rapäel Guerreiro é mais agressivo e intenso que o espanhol. De qualquer forma, o facto de achares que o Grimaldo é capaz de jogar mais à frente prende-se com a sua inteligência de jogo. Aliás, prende-se com o seu entendimento dos princípios específicos do jogo. Um jogador inteligente tem sempre lugar na equipa.

      Eliminar
    4. Sim concordo plenamente, o raphael já em França jogava mtas vezes nessa posição, vejo grimaldo nessa posição devido à sua qualidade ofensiva, e vejo o à fazer o que faz por exemplo pizzi, mas com mta mais qualidade 😀, ataca melhor e talvez ajuda se melhor no momento defensivo do que faz pizzi

      Eliminar
    5. A meu ver antes de subir o Grimaldo, deveríamos verificar o que realmente vale o Zivkovic. Tenho para mim, que é um jogador mais cerebral que o Cervi e que como tal poderá fazer de Pizzi do lado contrário. É importante que no quarteto de meio-campo, que mais parece apenas uma dupla, tal a preponderância atacante dos nossos extremos/alas, que um deles funcione como terceiro médio, tanto na fase de criação como na fase defensiva.

      Eliminar
    6. Tou com ganas de ver o que ele realmente vale, acho que devia estar a ganhar ritmo na equipa B, neste momento é quase impossível subir grimaldo pelas opções que temos na frente e a falta delas na lateral esquerda, mas gostava de o ver lá nuns joguitos mais fracos

      Eliminar
  3. Este Teixeira não teve oportunidades no Benfica. Não entendo porque se compra Celis e não se dá oportunidade a este miúdo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez porque o JT precisa de jogar e não ficar no banco como o Celis tem ficado... ;)

      Eliminar
  4. quanto ao ic e hc penso que vao ser vendidos, temos o diogo gonçalves zivkovic cervi que sao mais novos e penso serem eles as apostas do futuo para as alas (heriberto tb me paece interessante que achas?) quanto ao jt talvez seja o unico a vir a ter uma oportunidade mas cuidado com o joao carvalho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os miúdos da B ainda estão muito verdinhos. Sem bola, é vê-los em campo como baratas tontas, apesar do Hélder estar a puxar bem por eles. Mas, para o nível da equipa principal do Benfica são curtinhos, sobretudo se houver a integração aos pares ou aos 4 como tem acontecido ultimamente.

      O Ivan e o Hélder provavelmente já não verão, porque estão vendidos ou semi-vendidos. No entanto, vejo muito potencial nestes dois miúdos. Podem não ser aqueles jogadores com o brilho e classe de um Bernardo Silva, mas são jogadores muito úteis. O Ivan tem uma relação com o golo deveras interessante e o Hélder Costa tem evoluído imenso a nível de posicionamento e comportamento defensivo. Quanto ao JT, o problema é que ele está a jogar a "10" ou a falso extremo e para o Benfica só o vejo a "8". Aliás, é nessa posição que ele poderá evoluir muito mais e tirar de vez algumas manias futebolísticas que tem.

      Eliminar
    2. pois, eu tb vejo qualidade neles mas temos de ver o que temos na equipa e os miudos da a e que parecem ser aposta, alias o diogo gonçalves esta a espera so por causa da quantidade de jogadores que temos por isso e que acho que nao veem mas que tem qualidade isso todos tem

      Eliminar
    3. O Diogo Gonçalves tem ainda muito que crescer para entrar no plantel da equipa A. Primeiro que tudo, tem de ser um jogador mais constante a nível ofensivo. Quando não está nos seus dias as coisas não correm bem, e um jogador de topo são aqueles que transformem os maus nos bons dias. Depois ele tem de olhar para o seu jogo sem bola. Insisto neste ponto, porque é fundamental para estes miúdos poderem entrar mais rapidamente numa equipa de topo. Muitas vezes não é o que eles fazem com a bola nos pés que interessa muito. É sim o que eles fazem sem ela. Estão bem colocados, estão atentos aos movimentos dos adversários, procuram antecipações, procuram ajudar o colega mais próximo, fazem as coberturas necessárias, pressiona no timing certo,...

      Quando olho para o Diogo vejo ainda e só muito talento. Seria interessante mostrar a ele e a outros o que eram os jogadores de topo nas suas idades. Não apenas com a bola nos pés, mas sem ela.

      Eliminar
    4. O Ivan foi vendido pelo Mónaco ao Wolverhampton por um valor ainda não publicitado. A voltar ou no fim do contrato ou pagando (e bem). Não volta que é daqueles negócios 15 milhões a la Vieira.

      O Hélder deve-se estar a preparar para ser outro desses.

      Qualquer um deles tem mais neurónios do que o Sálvio.

      Eliminar