13 março 2014

Bloco de Notas: Tottenham - Benfica


15 comentários:

  1. Vi o jogo em casa (sem som, que não suporto os fdgp da sic e quejandos) e depois fui ao café habitual (a maioria dos clientes são do nosso Benfica) para comer e festejar. Então um amigo Benfiquista fala-me de não sei quê...golo mal anulado e não sei quê...Eu disse-lhe: Ó Quim, estou a falar de brilhantina e tu falas-me de merda?? Já nem comi...Mas festejei cumó crlho! Eheheheheheheh.
    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais! Perfeito, Correia! ;D

      Eliminar
  2. Oblak nervoso? Não me pareceu, porque só não defendeu o livre porque não vê a bola a partir, de resto fez uma exibição segura.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O nervosismo não é apenas nesse lance... mas, também não é para menos! Estamos a falar de um miúdo de 20 anitos e que estava a fazer o seu primeiro jogo europeu pelo Benfica...

      ;)

      Eliminar
  3. Ontem , caro PP , vi pela primeira vez, o Amorim como Gerrard naquele passe que deu o golo ao Rodrigo que faz lembrar o Suarez . Que meio campo para a Madeira ? Amorim e Enzo ? Aqui a chave é ter Rodrigo e Lima na frente porque estes vêm atrás e equilibram a equipa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "I told you so..." =P

      Para a Madeira, Lima e Rodrigo deverão ser os titulares (embora gostasse de saber em que condições está o Rodrigo), mas Jesus tem de dar minutos ao Cardozo... será fundamental termos o paraguaio a ganhar forma!

      Eliminar
    2. Pois. A entrada do Cardozo é um problema bicudo. Que fazer? Se o mete de início e calha de correr mal, é o crlho. Por outro lado, se o mete quando estivermos a ganhar, é foda, porque "devíamos segurar o resultado e tal"... O melhor é metê-lo se estivermos à rasca e fôr para o chuveirinho? É complicado.
      Viva o Benfica!

      Eliminar
    3. Para mim devemos metê-lo sempre. Estive a reflectir sobre que onze o Benfica deveria jogar frente ao Nacional e dado o desgastante jogo do Markovic e do Rodrigo, eu apostaria na dupla Lima e Cardozo, suportada por um quarteto de meio-campo composto por Salvio na direita, Enzo e Amorim no centro e Nico na esquerda.

      ;)

      Eliminar
    4. Bem visto caro PP. Depois, com o decorrer do jogo e com os vendidos do nacional já desgastados, então punha os velozes Rodrigo e Marko prárrebentar com o resto do nacional.
      Viva o Benfica!

      Eliminar
    5. É essa a ideia... ;)

      P.S.: E nem sei se meteria o miúdo Cavaleiro... que achas?

      Eliminar
    6. Eh pá, nem me lembrei desse...São tantos e bons. Mas está bem, se fôr preciso um abanão no jogo, entra o Ivan, assim tipo Mantorras (quando tinha saúde) e era um ver se te avias eheh
      Viva o Benfica!

      Eliminar
    7. A nova corrente de pseudo-intelectuais do futebol é capaz de ir contra esse tipo de substituições... até gozam com isso evidenciando "entra o Mantorras"... mas, normalmente esse tipo de jogadores abanam (e de que maneira) o jogo. Não só em aspectos tácticos/técnicos/físicos, como fundamentalmente na questão mental e emocional do jogo, que são igualmente importantes e muitas vezes desprezadas.

      Eliminar
  4. A um desses tinhosos, o nosso Querido Simões (do alto do seu palmarés, do seu carisma e do seu Benfiquismo!) deu uma lição na sicnotícias. Vai ao You tube e vê a coça que o Simões deu no jorge baptista. Ah valente! como diz a nossa Leonor Pinhão.
    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! Já vi isso! Muito bem o Simões! E é uma grande verdade aquilo que ele falou. Já o comentador que estava a ajudar o relatador do jogo na SIC (não sei quem é...), esteve sempre a criticar a movimentação do Benfica e raramente procurou uma crítica construtiva ou tentar entender o que o Jesus estava a tentar fazer no jogo, ou seja, ler a estratégia e o trabalho do Jesus.

      Mas, não é de admirar... na realidade o posto de comentadores está dado a pseudo-treinadores à procura de trabalho... e nada melhor que criticar o trabalho dos outros e vender o seu.

      Eliminar
    2. Aos 10 min de jogo, desliguei o som. Já não suportei mais esse fdgp do joão rosado. Fiquei em silêncio, deliciado com o nosso maravilhoso jogo e vitória sobre o Tota....
      Viva o Benfica!

      Eliminar