24 abril 2018

Talvez, o melhor jogador do mundo...


... da actualidade.


É o maior adversário de Cristiano Ronaldo e Messi para a bola de ouro deste ano, isto depois da lesão prolongada de Neymar no PSG, que deitou por terra este final de época. É igualmente, o maior adversário do Jonas, para a bota de ouro desta temporada, face ao número de golos que leva na EPL (31 golos do Rei egípcio, face aos 33 golos do Pistolas). É, actualmente o melhor jogador em Inglaterra e é o melhor jogador africano da actualidade. Estou a falar de Mohamed Salah.



É uma história de superação como todas as outras que acabam por estar por detrás dos grandes craques da história do futebol mundial. Uma história com altos e baixos, até chegar a este momento da sua carreira. Quem diria que o Salah do Chelsea poderia chegar a este nível anos depois? O que vocês diriam se um jogador da vossa equipa fizesse isto?


Pois é... por aqui dá para perceber o quanto importante é o contexto futebolístico para os jogadores. Naquela altura, o Chelsea reconhecia talento no rapaz, dado o seu potencial. No entanto, não era o suficiente para arriscarem nele, mais do que 3 míseros jogos numa época inteira. Face a essa escassez, o mais natural é o jogador chegar ao momento em que tem de competir e não ter rendimento, por falta de ritmo competitivo. Quantos jogadores que estão no Benfica não podem estar a passar por um momento desses... vejo por exemplo, um: o Seferovic. Atenção que não estou a querer comparar o poderoso avançado suíço ao serviço do Benfica com o Salah. Apenas estou a tentar abrir a mente dos mais críticos ao camisola 14 dos encarnados.



Quem o irá parar? Ou melhor, será que o Salah vai continuar a ter este rendimento nas próximas temporadas? Na minha opinião, eu penso que sim. Desde que tenha uma equipa por detrás que lhe permita tirar o rendimento que está a ter no Liverpool de Jürgen Klopp, penso que o egípcio irá continuar a deslumbrar-nos com a magia do seu futebol. Uma palavra de apreço para o técnico germânico que conseguiu montar uma equipa muito forte ofensivamente, pois já levam 28 golos só nesta edição da Champions, com um estilo de futebol que mais se assemelha a heavy metal, dado o ritmo e a intensidade com que se joga em Anfield.



Por falar em música... já ouviram o novo cântico dos adeptos do 'Pool para o Salah? São vários os cânticos já. Na sua maioria baseados em músicas conhecidas. No entanto, destaco o seguinte cântico musical, baseado na música dos Beatles...



Mas, já viram o jogo que os Reds fizeram em Anfield nesta noite europeia? Que jogão! Para mim um dos melhores jogos desta temporada. No entanto, achei que a equipa de Klopp, não soube ter controlo sobre os ritmos de jogo a partir de certa ordem, pois parecia estar a querer jogar constantemente a um ritmo de altíssima intensidade. Aparentemente, muitos poderão achar que a eliminatória está fechada, mas calcula-me que a Roma ainda tem uma palavra a dizer no seu campo, pois ainda não sofreu qualquer golo no estádio Olímpico esta temporada para a Champions. Mas, qual é a vossa opinião? Acham que a Roma ainda consegue virar este resultado?



O histórico na Liga dos Campeões não é favorável para a equipa italiana, mas esta já demonstrou na actual temporada que consegue operar completos milagres futebolísticos ao ter eliminado o poderoso Barcelona de Lionel Messi. Engraçado e prestigiante verificar que o Benfica está na seguinte estatística...




P.S. 1: Rafa, vem cá meter os olhinhos neste menino. Tens aqui um vídeo com os lances do Salah frente à Roma. Como podes verificar raramente ele optou pela jogada individual, quando tinha um colega com que podia combinar. Apenas optou pela jogada individual quando estava de facto um para um com o defesa adversário. Depois, repara na quantidade de vezes que ele opta por jogar para trás ou para outro lado, quando vê que as hipóteses de forçar a jogada são muito reduzidas? Inteligência de jogo e gestão de esforço, meu caro. Vai aprendendo!


P.S. 2: Para além de Rafa, penso que o próprio Rui Vitória, deveria inspirar-se um pouco mais na forma como este Liverpool joga, até porque o sistema de jogo é o mesmo. É que, olhando para os nossos avançados, penso que se poderia aplicar boa parte dos princípios desta fórmula Klopp. Jogadores como o Rafa e o Raúl, seriam os mais beneficiados. E, na equipa B, já estou a ver um Heriberto a encaixar na perfeição completando o tridente. E, ainda temos Jonas e Salvio. Quanto ao Cervi e ao Seferovic, teriam que ser melhor trabalhados, mas penso que não seria por aí.

  

Sem comentários:

Publicar um comentário