16 dezembro 2012

De se lhe tirar o chapéu!


Atingir e ultrapassar a marca da centena de golos só para o campeonato já era feito para celebrar em grande estilo, mas consegui-lo marcando dois "hat-tricks" em dois jogos consecutivos, é um feito de se lhe tirar o chapéu!
Parabéns Cardozo!


Evolução do jogo do Tacuara
É notória a evolução do jogo do ponta-de-lança paraguaio
esta temporada.
É notória a evolução de jogo do camisola 7 do Benfica. De facto, já aqui tive a oportunidade de criticar construtivamente que o trabalho dos nossos avançados poderia melhorar muito se eles tivessem outro tipo de comportamento dentro de campo. Em particular, o Cardozo, pois via-o muitas vezes, demasiado colado e estático junto aos centrais adversários, o que lhes facilitava a vida e dificultava a nossa construção de jogo.

Ora se é verdade que Jorge Jesus diz, sobre o jogo exterior do paraguaio:
«O Cardozo é um jogador que deixa às vezes os adeptos nervosos, especialmente quando sai da área, fora do habitat dele. Mas dentro da área, que é o seu habitat, faz muitos golos.
Quando ele sai da área, para fazer as ligações do ataque, é um dos pontos fracos dele. Mas não fosse assim ele era o melhor ponta de lança do mundo. Tempos de desculpar essas situações.»
Também não é menos verdade, que o Cardozo pode melhorar e muito o seu jogo fora da área. Como é óbvio, não se está a pedir ao paraguaio para fintar meia equipa adversária, mas criar espaços e linhas de passes para poder combinar com os restantes colegas, jogando de forma simples (de preferência ao primeiro ou ao segundo toque). De facto, se olharmos para as últimas duas exibições do Tacuara e compararmos com as de outros jogos menos fulgorantes, facilmente percebemos que a diferença é que nestes dois encontros, vimos um Cardozo bem mais disponível na fase de construção de jogo e a procurar sempre movimentar-se para criar linhas de passe e espaços para os colegas. Há pois um trabalho de treino que está a surtir efeito e está a tornar um dos seus maiores pontos fracos num dos seus mais fortes.

O que falta ao Cardozo para ser ainda melhor?
Cardozo e Lima, uma dupla com tudo para
dar muitos golos ao Benfica.
Primeiro estabilizar estas exibições e forma de jogar. No actual esquema encarnado, não deve ser apenas o Lima a descer para entre-linhas, mas também deve fazê-lo o camisola 7, como fez nos últimos jogos.

Segundo, deve melhorar o seu jogo de costas para a baliza, sobretudo quando é solicitado com uma bola pelo ar. Reparo que quase sempre essa solicitação acaba sempre com uma queixa de empurrão ou algo do género, ficando sempre à espera que o árbitro marque uma falta. Ora essa forma de estar é contra-producente, pois se o árbitro não marcar falta este tipo de jogadas durante o jogo, por um lado, pode frustrar o nosso jogador levando-o a "vingar-se" numa jogada que o poderá prejudicar disciplinarmente. Por outro lado, leva a uma desconcentração generalizada da equipa, pois os seus colegas irão por momentos tentar chamar atenção do árbitro, mas com o jogo a desenrolar. Talvez ver uns videos da forma como Drogba joga de costas para o adversário e como se posiciona para ganhar os duelos no ar aos centrais da equipa contrária, poderia ser uma boa forma para ele começar a aprender como jogar. De uma coisa é certa, a mentalidade tem de mudar.

Terceiro, jogando com outro avançado ao seu lado, com as características do Lima, pode permitir-lhe muitos mais golos se souber combinar bem com o brasileiro. Ambos têm tudo para formar uma excelente dupla atacante. Ontem mesmo, já conseguimos ver alguma dessa "química", mas falta mais trabalho. Por exemplo, com Lima em campo, o Cardozo pode em vez de aparecer dentro da grande área, ficar à sua entrada e com isso fazer uso da sua meia-distância frontal. Por outro lado, dado que Lima é um avançado mais móvel e rápido que o Cardozo, este poderá ficar com o primeiro poste nas situações de cruzamento, com o paraguaio a procurar o segundo. É assim que na liga inglesa, os excelentes avançados cabeceadores jogam, tais como Peter Crouch, Michu, entre outros.

101 golos para o campeonato
Será que Cardozo vai entrar no restrito lote dos top 10
dos melhores marcadores do campeonato nacional?
Desde que chegou à Luz na época de 2007-2008, Óscar Cardozo já ultrapassou a marca dos 100 golos para o campeonato nacional e é actualmente o 39º melhor marcador do campeonato desde 1935. Notar que é dos poucos jogadores estrangeiros a conseguir tal feito. De cabeça, só recordo do goleador brasileiro Mário Jardel (182) a ter números superiores ao Tacuara.

Já agora, para Cardozo figurar no top 10 dos maiores marcadores da liga portuguesa, terá que fazer mais de 212 golos, pois os dez primeiros são: Peyroteo (331); Eusébio (320); Fernando Gomes (318); José Águas (290); Nené (262); Manuel Fernandes (244); Matateu (218); Torres (217); Jordão (215); Arsénio (212).

O histórico por temporada de golos do paraguaio é o seguinte: 13 (2007-2008), 17 (2008-2009), 26 (2009-2010), 12 (2010-2011), 20 (2011-2012) e 13 (2012-2013). Sendo que em 2009-2010 e em 2011-2012 foi o melhor marcador do campeonato. Até esta temporada, a média de golos por temporada para o campeonato está em  18 golos por temporada (~17.6), mas, também é certo que com estas melhorias no jogo do Cardozo e na equipa do Benfica é muito provável que o paraguaio melhore esta média.


Ser ou não ser o melhor ponta-de-lança do mundo
Para quando um "poker" e um "manita",
Tacuara?
Já abordámos os pontos em que o Cardozo deve melhorar no seu jogo, para tornar-se um avançado ainda mais mortífero e com isso ser considerado um dos melhores do mundo. No entanto, não deixa de ser curioso, que mesmo com os seus defeitos, a verdade é que os seus números nesta temporada estão ao nível dos melhores avançados do mundo na actualidade.

Fazendo uma análise à média de golos por jogo, Óscar Cardozo está em segundo lugar a nível europeu, apenas atrás do astro argentino do Barcelona, Leonel Messi, e há frente de jogadores como Zlatan Ibrahimovic e Radamel Falcao.

Curioso verificar que o Tacuara tem mais "hat-tricks" esta temporada, para os respectivos campeonatos, que "La Pulga" e "El Tigre"... talvez quando o paraguaio conseguir marcar um "poker" ou uma "manita", o mundo também lhe possa tirar o chapéu...

Quem sabe se não será o número 1 dos pontas-de-lança mundiais...

Sem comentários:

Publicar um comentário