13 abril 2018

Sexta-feira 13


«No Benfica, sabemos que a sorte dá muito trabalho.»


E, dá mesmo Sr. Presidente! Só para o Porto e o Sporting é que acham que se pode ter sucesso com pouco trabalho e, pior que isso, muito rapidamente. O nosso caminho de sucesso tem já 18 anos, conforme o presidente encarnado discursou esta noite em Alcácer do Sal. Aos nossos directos adversários o que lhes falta em competência sobra-lhes em estar constantemente a difamar os adversários e a criar um ambiente incendiário no futebol português. Mas, com eles podemos muito bem, dentro e fora das linhas, não fosse a nossa época bem patente disso, sempre em crescendo e sempre em superação. Aliás, como todas as anteriores. Agora, o caminho faz-se rumo, ao tal almejado, P3N7A!




«Domingo, é à Benfica, há um penta para ganhar!» 

O momento é de irmos até ao limite das nossas forças. De perder o medo de nos encolhermos pela nossa verdadeira dimensão. Ninguém acreditava que nesta altura da época estaríamos onde estamos. No início, o que os adversários diziam do nosso plantel? O terceiro na melhor das hipóteses. Algo que muitos de nós até concordou, infelizmente. Depois, nem tinha passado um terço da temporada e já nos colocavam no caixão. Acreditavam que iríamos chorar, perder e morrer. Mas, tal como uma Fénix, a Águia Real renasceu das cinzas e voou bem mais alto. Mais alto que todos os outros.




«Agora ou ganha o Benfica, ou não ganha ninguém! Vamos! Vamos! Vamos! Tem que dar penta! Tem que dar penta... Vai dar penta!»



P.S. 1: Olha a sorte que temos nesta 6ª feira 13...



P.S. 2: E olhem agora para esta garra do bicampeão europeu José Augusto...


Sem comentários:

Publicar um comentário