21 setembro 2014

Júlio, Jardel, Jonas...


Um olhar sobre algumas opções para o jogo frente ao Moreirense.


O Benfica tem este domingo um teste que poderá ser complicado caso a equipa não vá preparada mentalmente e fisicamente. Depois de um desgastante jogo na passada terça-feira, em que jogou a maior parte do tempo com 10 unidades, a equipa já teve tempo suficiente para recuperar. Sendo assim, o maior inimigo pode ter sido alguma falta de preparação táctica. Mas, conhecendo o método de Jorge Jesus, dificilmente isso aconteceu. Assim sendo, penso que "Jota-Jota" deveria e deverá apresentar algumas alterações ao onze titular encarnado.


A segurança defensiva poderá estar nas mãos e pés do
"imperador" Júlio César.
Júlio César na baliza
O titular da canarinha é bem capaz de ser o titular neste domingo. A meu ver, irá sossegar boa parte da plateia que for à Luz. Não só é um garante de qualidade - trata-se de um dos melhores guarda-redes mundiais - como transmitirá uma segurança que Artur teima em transmitir. Em termos tácticos, penso mesmo que será uma melhoria para a equipa, pois com a sua experiência e segurança, Júlio César poderá ser aquele guarda-redes líbero que precisamos no nosso onze. Mas, atenção. O guardião brasileiro sempre se destacou pelo seu jogo entre os postes e um bom jogo de pés, embora não tanto pelo controlo do espaço atrás da sua defesa... Este será o verdadeiro desafio ao "imperador" com a camisola encarnada. 


Jardel deve continuar de pedra e cal no centro da defesa.
Jardel ao lado de Luisão
Muitas têm sido as críticas ao central brasileiro, sobretudo, após o encontro frente ao Zenit. Muitas dessas prendem-se com a entrega de construção de jogo da retaguarda ao brasileiro. Sinceramente, o camisola 33 até tem um bom jogo de pés e frente ao Zenit, boa parte da perda de bolas que teve foi mais porque os apoios do meio-campo não funcionaram. Muita gente facilmente critica Jardel, pela perda e bola que originou depois o primeiro golo desse encontro. Contudo, muitos poucos viram o mau posicionamento de Samaris na fase de construção, que não soube criar linhas de passe para Jardel, ou fugir à marcação/antecipação feita pelo meio-campo do Zenit. Para mim, esse lance foi um caso simples de "culpar o mensageiro"... Ora, para este jogo espero que a comunicação e as rotinas entre Jardel e respectivo meio-campo estejam já bem mais treinadas. O adversário vai ser de menor nível o que poderá ajudar a uma maior interligação desses movimentos. Já agora, para quem acha que Lisandro López poderia ser a solução, devo realçar que o argentino ainda não tem tempo suficiente de Benfica para conhecer completamente os movimentos defensivos da equipa e como tal, só deverá ser opção quando estiver devidamente preparado.


O avançado brasileiro Jonas poderá ser o avançado ideal
para desfazer a estratégia defensiva do Moreirense.
Jonas ao lado de Talisca
Muito embora o Lima já possa ter recuperado fisicamente do enorme desgaste que foi submetido na terça-feira passada, o desgaste competitivo que a seca de golos possa estar-lhe a afectar, pode ser o álibi perfeito para Jesus meter o recém contratado Jonas em campo. Do ponto de vista táctico, penso que tal entrada no onze seria muito profícuo. É que com Talisca e Jonas, o espaço entre-linhas ofensivo encarnado, ficará bem composto. Tendo em conta que a linha defensiva do Moreirense deverá ser baixa e reforçada com dois médios defensivos, a presença destes dois brasileiros, terá o condão de atrair a linha defensiva do Moreirense, fazendo-a subir um pouco mais e criando espaço nas suas costas, onde eles e outros jogadores encarnados poderão surgir. Os dois basileiros, jogando de frente para os adversários, poderão em combinações/tabelas quebrar linhas e ou soltar para outros colegas. O Jonas pode oferecer não só maior qualidade no jogo entre-linhas, como também mobilidade em toda a zona ofensiva e velocidade nas costas da defesa contrária. Depois, não podemos esquecer que tem faro de golo.

O meu onze encarnado frente ao Moreirense. Realço o
bloco defensivo alto, equipa bem compacta, Júlio César
a fazer o controlo do espaço nas costas da nossa defesa,
André Almeida a defesa direito, Jardel ao lado de Luisão,
Samaris no meio-campo, e Jonas e Talisca lá na frente.
Benito, Pizzi, Bébé, Ola John, Cristante e Nélson Oliveira,
3 deles têm de entrar no decorrer do jogo.


P.S.: Entretanto já saiu a lista de convocados para o jogo desta tarde e a surpresa é que Jonas não foi convocado. Muito provavelmente não está ainda em boa forma física, mas se é assim, porque não colocá-lo a jogar na equipa B, para dar ritmo?
Eis a lista de convocados para hoje:
Guarda-redes: Artur Moraes e Júlio César;
Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Eliseu e César;
Médios: Salvio, Gaitán, Enzo Perez, André Almeida, Talisca, Samaris e Ola John;
Avançados: Lima, Derley, Tiago e Pizzi.

Sem comentários:

Publicar um comentário