27 julho 2014

Pré-época...


... ou treinos de captação?
Esta imagem já tem pelo menos umas temporadas e mesmo assim a questão persiste: porque é que um clube profissional e de primeira linha europeu, como o Benfica, e com departamentos de observação de topo, persiste em efectuar pré-épocas que mais parecem treinos de captação?

Os departamentos de observação não servem exactamente para evitar estas situações? E mais, a este nível, é este o melhor método para ser utilizado na pré-época? Que nível de conhecimento é que realmente a equipa técnica tem dos seus jogadores antes de cá chegarem? Não acham que isto dá uma imagem de desorganização das estruturas profissionais do futebol encarnado?

Na minha opinião, qualquer que seja a desculpa da estrutura, consigo dar uma resposta cabal e lógica que refute as mesmas. Se não vejamos:
  • «É a melhor forma de conhecer os jogadores...» Então, para que servem os departamentos de prospecção e observação?!
  • «Muitos dos habituais titulares e internacionais ainda estão de férias...» Então, porque não aproveitar para darem oportunidades aos miúdos - que já não são assim tão miúdos - da equipa B que se tenham evidenciado na última temporada, dando-lhes minutos de jogo e trabalhando-os um pouco?!
  • «Muitos desses jogadores vieram a custo zero...» Nunca ouviram falar que o barato, muitas vezes sai caro?! De qualquer das formas, só porque um jogador custa 0€ eu vou contratá-lo?! Ainda por cima para uma posição onde não faltam opções?! (Exemplo: para a posição de avançado e de extremo...)
Estas pré-épocas encarnadas estão tão subvertidas que chegamos ao cúmulo de ter jogadores que chegam à Luz e nem sequer se estreiam com a nossa camisola...

Quem ganha com tudo isto? O Benfica?! Sinceramente, duvido. Pelo menos ao nível desportivo, pois tantos jogadores só geram entropia o suficiente para depois o processo de formação de uma equipa competitiva ficar irremediavelmente atrasada e por conseguinte comprometer toda uma temporada. Podemos ganhar uns trocos entre novos empréstimos e outras vendas... mas, são trocos para os amigos, aqueles que lucram os 10% das transacções...

Numa liga nacional com pouca ou quase nenhuma competitividade é fundamental que uma equipa que se queira campeã entre a todo o gás. Se formos a ver bem, o Benfica de há duas temporadas teria sido igualmente campeão na época passada... e esta podemos não ter a mesma "sorte" da época passada...

O futebol encarnado tem muito que aprender com as melhores políticas do futebol europeu... por exemplo, com o Bayern Munique, que contratam quem realmente eles querem tanto a nível nacional e internacional, sem descuidando o que melhor eles formam! E, não me falem em poderio financeiro. Tirando o David Luiz, todas as nossas grandes transferências foram de jogadores que nos custaram boas quantias (acima dos 7 M€) e já estavam referenciados como aqueles que teriam melhor futuro, ou que provieram da nossa formação (Manuel Fernandes, André Gomes,...).

Cá em Portugal, continuamos com o compadrio e as amizades promiscuas entre empresários e direcções dos clubes de futebol... assim, definitivamente, não vamos lá!!!



P.S.: O que tem em comum Djavan e Fariñas? E, o Patric com o Luis Filipe?

18 comentários:

  1. Percebe-se que não percebas a realidade do Benfica quando eleges o Bayern como modelo...

    Se o Benfica pudesse contratar quem realmente quisesse não compraria por atacado para tirar os melões mais maduros...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Bayern tem de ser sempre o modelo... mas como modelo, é necessário adaptar-se à nossa realidade. Dito isto, podemos não ter potencial para contratar Javi Martinez's por 40M€, mas a verdade é que temos capacidade para contratar Di Maria's por 7 M€ e são estes que se formos a ver bem são os que mais receitas trazem a nível de vendas!

      Não vês o Bayern a comprar jogadores que não necessitam, como Candeias e Fariñas... só compram quem realmente precisam!

      Agora se não percebem essa visão... temos pena!

      Eliminar
    2. Mais, não conseguiste explicar como é que tendo um departamento de observação e prospecção de topo ainda estamos aos "alpalpões dos melões"...

      Continuem a defender o indefensável ou a enfiar a cabeça na areia... enquanto não começarmos a ter critérios de excelência não sairemos da cepa torta que está o futebol nacional!

      Eliminar
    3. Disseste tudo 71460. "Comprar por atacado...".

      Eliminar
    4. O Bayern não é modelo porque não precisa vender os titulares nem eles querem sair do clube... Logo só precisam de fazer duas a três contratações por época...e muitas vezes nem para serem apostas imediatas. E mesmo que gastem 25M em cada e eles só joguem uns 20 jogos por época continuam a ser boas apostas (ex: Martinez, Thiago, Shaquiri).

      Quando comprámos o Di Maria também comprámos o Freddy Adu... Quando comprámos o David Luiz também comprámos o Ed Carlos... Quando comprámos o Cardozo também comprámos o Makukula... querem que continue? É que foi tudo no mesmo ano... e podia falar dos outros anos...

      O Benfica como não é um clube de top em termos financeiros tem de comprar por "atacado". Não há outra forma. Tem de comprar mais do que precisa para aproveitar os que são realmente bons ou que se adaptam mais rapidamente.

      O Ibrahimovic é um grande jogador e não resultou no Barça. Como é que acham que o Benfica poderia acertar quase sempre se nem os outros o fazem. Abram os olhos e deixem de só olhar para o Benfica. Porque só assim vão entender o clube. É muito fácil falar do Bayern ou do Barça como exemplos, quando as pessoas só olham para o que corre bem. Mas no Barça e no Bayern há muitos maus exemplos. Só que não se lhes dá o devido destaque.

      Se saiem 5 titulares o Benfica tem de contratar uns 10... e esperar que o trabalho tenha sido bem feito. Por exemplo, para a lateral esquerda claramente que não se tem conseguido fazer um bom trabalho. 18 laterais em 6 anos, dá 3 por época. E a grande razão é porque das duas vezes que acertámos eles sairam logo a seguir... onde é que isto acontecia no modelo Bayern?? Um modelo é bom quando alterando o dimensionamento não muda a probabilidade de um determinado evento ocurrer. Uma gaja de 200kg também pode ter a Irina como modelo... mas nunca servirá para reproduzir seja o que for...

      Eliminar
    5. O que sabes tu do modelo de negócio do Bayern de Munique... Vai lá ver o que era o Bayern há 5, 10 e 15 anos e vê como eles souberam desenvolver de forma sustentável o seu negócio...

      Falar do Bayern dos Javi Martinez e dos Thiagos Alcântaras é não querer ver todo o trilho por eles efectuado até chegarem ao momento actual.

      E, já agora, o Kroos, titular e um dos melhores jogadores do Bayern quis sair esta temporada... e esta hein?! E, não foi vendido por vários milhões...

      Eliminar
    6. O que sabes tu da economia do país do Bayern... aparentemente nada...

      Uau... como se uma excepção fizesse a regra LOL

      Eliminar
    7. Pelos vistos sei bem mais do que tu, que continuas a patinar na maionese com os teus (não) argumentos!

      Eliminar
  2. não é pa me gabar mas acho que indo a wikipedia consigo arranjar melhor jogadores do que o famosíssimo gabinete de prospeção do benfica lol agora a serio me contratem e arranjo os jogadores todos que o benfica realmente precisa na wikipedia rofl not

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o que n falta no mundo é que gajos que acham que fariam melhor mas que não saem do sofá...

      Eliminar
  3. Boas caro PP, é com agrado que vejo que voltaste à Gloriosasfera, andaste desaparecido durante uns tempos, espero que esteja tudo bem contigo.

    Percebo perfeitamente as tuas duvidas e questões, mas também acho que tu, como tantos outros, não estão a levar em conta os bastidores do futebol, e isso infelizmente vale tanto como o que sai cá para fora para os adeptos em geral... LFV aprendeu muito com o passar dos anos e tem-nos dito algumas coisas de como o mundo do futebol funciona, temos é de estar atentos... muitas das vezes para contratar um craque tem de vir mais algum jogador que não irá servir para nada ao clube, outras vezes o clube tem de contratar alguém para no futuro garantir a carteira de jogadores do um empresário, ou vou até mais longe, algumas vezes o clube tem de contratar o irmão do Markovic ou do Matic para os jogadores virem ou renovarem pelo Benfica... é verdade que não é bonito, mas esta é a infeliz realidade do futebol e se fores contra ela, os prejuízos acabam por ser maiores que as vantagens.
    A formação do Benfica mexe com a emoção dos benfiquistas, mas temos como exemplo o João Teixeira... Jorge Jesus deixou bem claro que ninguém decide por ele quem colocar na equipa principal, ele está por dentro do clube e saberá melhor do que ninguém os jovens que estão preparados ou não para a equipa principal, João Teixeira foi uma agradável surpresa, já Bernardo Silva e Nelson Oliveira parecem ser cartas fora do baralho, a verdade é que o jovem João Teixeira apresenta na equipa principal um nível que Bernardo e o Nelson nunca apresentaram.

    Outra coisa que muitos criticam é o chamado entreposto de jogadores no Benfica, muitos não percebem que as chegadas a custo zero, os empréstimos de atletas e as vendas das percentagens dos passes são o que na realidade garantem o financiamento para negócios futuros, favores e influências no futebol, temos de ter noção que o Benfica está inserido no mercado português e não tem força financeira, mas os adeptos benfiquistas pensam que o clube ainda vive nos anos 80/90... o futebol mudou drasticamente e quem não se adapta acaba por desaparecer.

    Qualquer tipo de comparação a ser feita terá sempre de ser entre o mercado português e por exemplo o holandes, o grego e até o turco já tem uma força financeira que o Benfica não consegue igualar, mas no entanto repara em que posição do ranking está o Benfica e estão os clubes desses países... a diferença tem sido brutal, o Benfica está entre os melhores clubes da Europa, tem as melhores infraestruturas de Portugal, tem jogadores que os tubarões pagam milhões para os ter e tem de constantemente encontrar novas pérolas para tornar a vender no futuro... esta é a realidade do Benfica, criticar isto é não conseguir entender o futebol e a economia nacional (cont.)...

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. ...(cont.) As pré-épocas com tantos jogadores faz parte do perfil do Jorge Jesus, ele gosta, ao contrário do que se diz, de dar oportunidades a todos, mesmo aqueles que ele próprio sabe que poucas hipóteses terão de ficar no plantel, o que importa é quando os jogos oficiais começarem e o Benfica tem feito épocas muito boas com JJ, umas tem perdido outras tem ganho, mas entretanto o Sporting estoirou de vez e o FC Porto tem tido muitas mais dificuldades do que vinha tendo para vencer ano após ano em Portugal e digo-te mais, o FC Porto apostou o que tinha e não tinha para não deixar o Benfica vencer o bi-campeonato, quero ver como vão conseguir pagar as contas, os Relatórios de Contas vão sair em Outubro e nessa altura vai dar para ter uma noção da verdadeira dificuldade dos rivais que querem à força competir com o Benfica dentro do mercado financeiro português... simplesmente não têm hipóteses, o Benfica é maior, mais forte, mais competente e só a corrupção consegue equilibrar a balança, mas sem dinheiro não há corrupção de resista... acredita no Benfica, ontem entraram em campo 7 jogadores do plantel da época passada e para mim não haviam titulares, o Benfica jogou jogo sim jogo não com equipas completamente diferentes... muito do histerismo que sido por causa da comunicação social e de pessoas que se dizem benfiquistas e passam a vida a ver fantasmas, a criticar tudo e todos e a atirar a toalha ao chão antes do campeonato começar.
    Saudações e tem lá calma, as contas fazem-se no fim.

    ResponderEliminar
  6. Nem sempre as contas se fazem no fim! Aliás, isso é meio caminho para as planificações em cima do joelho.

    Escrito isto, tudo o que escreveste já eu tenho consciência. Agora, tens de perceber duas coisas:
    1 - o Benfica é o maior clube de Portugal e gera receitas mais do que suficientes para dentro de certo tipo de jogadores, chegar lá e pagar sem regatear.
    2 - Se não o faz, é porque tem interesse em alimentar todo aquele tanque de tubarões em busca de dinheiro fácil e rápido. Tens de entender que a cada compra de Léo Kanus, não é apenas o jogador e o empresário que enriquecem... haverá com certeza um ou outro funcionário ligado directa ou indirectamente ao Benfica que fica com os bolsos cheios... e isso incomoda-me bastante!

    Por isso é que acontecem situações como jogadores que são adquiridos e nunca vestem a camisola encarnada, jogadores que vêm às paletes,...

    O Benfica ao baixar as calças como tem feito perante toda esta gente só está a alimentar um monstro e a diminuir a sua posição no mercado.

    Toda a gente esquece-se que um jogador sul-americano (porque na realidade onde se faz dinheiro é com jogadores sul-americanos, dada a diferencia cambial e da possibilidade de transferências internacionais através de "off-shores") precisa de espaço para poder jogar futebol na europa e nem todos os clubes possibilitam esse espaço e tempo como o Glorioso o faz... e isso é algo que o Benfica vai acabar por perder se continuar ao sabor destes senhores...

    Eu gostava que o Benfica fosse mais senhor do seu nariz, tal como os alemães do Bayern fazem. Até à bem pouco tempo, a equipa germânica também não conseguia rivalizar com equipas espanholas, inglesas e italianas em termos de contratações... hoje veja-se como estão!

    E, o que defendo para o Benfica iria repercutir-se para o futebol nacional e com isso este evoluir.

    Há uma clara promiscuidade entre os vários agentes no futebol neste país e é esse clima o que estrangula a evolução do desporto cá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respeito a tua opinião... apesar de teres entrado pelo caminho das suposições!!!
      A única coisa que te posso dizer é que vamos ver o que esta época nos trás, esperemos que o Benfica seja de novo campeão.
      Abraço e bem-vindo de novo companheiro.

      Eliminar
    2. Não tem nada a ver com suposições... tem a ver com o facto de saber bem como é que são os meandros do futebol nacional.

      Se gastássemos mais tempo com um planeamento mais correcto e não tanto com um planeamento como o actual não se perdia 2 a 4 semanas de pré-época em captações.

      E até vou mais longe, com tanta competitividade, fruto das dezenas de jogadores em avaliação, tipo captações, o que mais vejo é "cada um por si", sobretudo no ataque...

      É o Jara a agarrar-se muito à bola, é o Derley a fazer o mesmo, é o Lima a passar à queima, é o Cardozo querer fintar meio mundo, é o Ola John a não passar ao lateral que sobe, é o Salvio a fossar, é o Nico a meter-se na toca do lobo,... e poderia continuar por muitos outros jogadores.

      Gostava que este período fosse usado para trabalhar ainda mais a equipa e outros jogadores, sobretudos os melhores da "cantera".

      Nélson Oliveira e Bernardo Silva, dois dos melhores produtos da nossa formação não têm mais de 10 minutos em cada jogo da pré-época?! E vê-los serem preteridos por outros de qualidade duvidosa.... enfim!

      Eliminar
    3. e continuas a vir cá 71460? vai discutir a bola com os enormérrimos sabichões que esses é que se fartam de acertar

      Eliminar
  7. GOLPES, GOLPISTAS, PANÇUDOS E TALIBANS

    sakanagem69.blogspot.com

    ResponderEliminar